Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

Molda-me

 

Tal como o oleiro molda o barro...
Até fazer dele a sua escultura
Tu moldas o meu corpo
Com precisão e perícia.
Onde empreendes a viagem dos sentidos sobre a matéria
Onde lhe retiras a vontade e a submetes aos teus caprichos
Onde sem pressas, investes tempo e te dedicas.
Molda-me meu amor…
Até fazeres de mim a tua obra!


Arte de Amar ... às 19:23
| deixa o teu corpo misterioso | favorito
11 comentários:
De vida de vidro a 31 de Outubro de 2007 às 12:07
Beleza plena de sensualidade. Como desejamos deixar-nos moldar! **


Comentar post

Som da arte...

Leva-me

http://intimomisterio.blogs.sapo.pt/

Mistérios online...

Free Counter

Mistério Destaque

Mistérios...

Tanto de Mim
Silêncio Sentido
Papoila
JoanaDalila
Joaozita
Convento das Safadas
Egos da Sophia
Mixtu
Secreta
Cartasa
Palavras da Noite
Segunda Vida
Continua a Sorrir
Espelho de Sombras
Irreal
Elogiada Loucura
Kaliynka
O feitiço da Lua
Nylda
de-proposito
Happinessmore-or-less
Ana Garrett
João Mãos de Tesoura
Olhar Indiscreto
Nadir
Memórias Secretas
Olhares Vagos
Pensamentos Vagabundos
Amo-te e Muito
Amadorjp
Espirito da Lua
Beleza de Mulher
A Seiva
Flor do Sentido
Churrascos & Comentários
Cartoonices
Zé Trolha
Sorrisos Perfeitos
Segredos da Marrie
Joker
O lobo e a Lua
Momentos
Insanidad3
Cida
Rafeiro
Jorge
Alcova Real
Excitações
Momentos de Vida
Vida de Vidro
Ana S
Contos Secretos
Entre as Palavras
Camas e Algemas
Duas Almas Gemeas
Artemis Lunatica
Prazer Oculto
Red Light Special
Cravo e Canela

Intimidades Recentes

Momento de Amor

Prémios