Terça-feira, 13 de Outubro de 2009

Vem a mim....

 
 

 

Vem cá…
Achega-te...
Docemente...
Vou olhar-te...
E, no teu olhar, colher
promessas do que quero prometer,
até à sincope do amor na alma!
Colemos as mãos, palma a palma!
A minha boca na tua, sem beijo...
Desejo-te, até o desejo se queixar que dói.
E sou tua, como nenhuma foi!

Arte de Amar ... às 15:02
| deixa o teu corpo misterioso | favorito
4 comentários:
De Bernardo Lupi a 13 de Outubro de 2009 às 20:27
Espero que este seja um regresso a valer!


De Cadora a 20 de Outubro de 2009 às 11:33
Texto sublime.
Gostei e linkei para ter uma leitura assidua.

Beijo



De marko a 21 de Outubro de 2009 às 23:42
tete .....conheço te!


De Arte de Amar a 22 de Outubro de 2009 às 09:48
TETE????Estas equivocado Marko.



Comentar post

Mistério Destaque

Mistérios...

Tanto de Mim
Silêncio Sentido
Papoila
JoanaDalila
Joaozita
Convento das Safadas
Egos da Sophia
Mixtu
Secreta
Cartasa
Palavras da Noite
Segunda Vida
Continua a Sorrir
Espelho de Sombras
Irreal
Elogiada Loucura
Kaliynka
O feitiço da Lua
Nylda
de-proposito
Happinessmore-or-less
Ana Garrett
João Mãos de Tesoura
Olhar Indiscreto
Nadir
Memórias Secretas
Olhares Vagos
Pensamentos Vagabundos
Amo-te e Muito
Amadorjp
Espirito da Lua
Beleza de Mulher
A Seiva
Flor do Sentido
Churrascos & Comentários
Cartoonices
Zé Trolha
Sorrisos Perfeitos
Segredos da Marrie
Joker
O lobo e a Lua
Momentos
Insanidad3
Cida
Rafeiro
Jorge
Alcova Real
Excitações
Momentos de Vida
Vida de Vidro
Ana S
Contos Secretos
Entre as Palavras
Camas e Algemas
Duas Almas Gemeas
Artemis Lunatica
Prazer Oculto
Red Light Special
Cravo e Canela

Intimidades Recentes

Momento de Amor

Prémios