Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

Aquela...Posso?!

 

Hoje quero ser aquela

Que sente o sabor da tua pele,

Que sacia tuas fantasias

Quero....

Enlaçar-te

Possuir-te,

Desvendar teu prazer

Segredar cada gemido

Posso?!

 


Arte de Amar ... às 10:46
| deixa o teu corpo misterioso | favorito
5 comentários:
De Cat a 11 de Fevereiro de 2009 às 18:18
e tao bom amar...
desejar o cheiro e o sabor de alguem...
lindo...
ainda bem que voltaste...
beijoca
Cat


De seforis a 13 de Fevereiro de 2009 às 17:21
Não era sem tempo. Já sentia falta do teu toque :-). Claro que podes...


De Ana s a 15 de Fevereiro de 2009 às 11:35
Bemmm quem é viva sempre aparece!
Bem-vinda de novo ao mundo dos blogs.
querer é poder certo?
Beijinhos


De Maria Papoila a 15 de Fevereiro de 2009 às 12:06
Querida Pequenita:
Fizeste muita falta por aqui! Estás de volta em grande e em beleza e tanta falta fizeste por aí com estes teus toques.
Beijos


De Tony'S a 26 de Abril de 2009 às 14:44
Vou ter deixar em uma saia justa, o que sai entra em minha boca grota a dentro. minha proposta é o que é o que passa fica. me pegue pela gravata eu te varo pelo vão da caucinhae vamos que vamos e se volta eu vou para delirantes conecções. Se briga comigo como aqueles seus ditos de que ama-me, quer e ódeia viro outro autroz, como encarar-te de frente rasgarte com ternura, se faz biquinho de engrossar lábios brinco com seus urrinhos com afindas mordidinhas de leve e ardente se faz megera te giro te gela o últero, pica o cú balanço o saco emquanto colosso pinga colírio no olho de teu cú alucinado sesi entrando sentando ascendendo, por conta tus não deixa entrar tudo mas confere com a mão o tanto que falta e deixa mais um tanto espreguisa desliza a frente e volta ganhando mais tanto em pedaço em pedaço se larga por dentro ate o talo o rebento se solta em regaço, depois de relaxaxado e maios calmo tento explicar ate pesso desculpa te beijo o cú, estava tão ocupado e preocupado se a aliança que comprei no brexo serviria em seu dedo, nunca deixo de pensar do planejano sedento. Quero ser seu homem que traz pelo cabresto qundo viaja. O colosso florão da sua clareira.
A PODA; hoje em lua nova tempo para óda, as cinco roseiras de meu jardir as podei pela manhã, nos outros canteiros que em linha formam um triangulo só tinha mato epois de capado jutado em intulho toquei fogo,.


Comentar post

Som da arte...

Leva-me

http://intimomisterio.blogs.sapo.pt/

Mistérios online...

Free Counter

Mistério Destaque

Mistérios...

Tanto de Mim
Silêncio Sentido
Papoila
JoanaDalila
Joaozita
Convento das Safadas
Egos da Sophia
Mixtu
Secreta
Cartasa
Palavras da Noite
Segunda Vida
Continua a Sorrir
Espelho de Sombras
Irreal
Elogiada Loucura
Kaliynka
O feitiço da Lua
Nylda
de-proposito
Happinessmore-or-less
Ana Garrett
João Mãos de Tesoura
Olhar Indiscreto
Nadir
Memórias Secretas
Olhares Vagos
Pensamentos Vagabundos
Amo-te e Muito
Amadorjp
Espirito da Lua
Beleza de Mulher
A Seiva
Flor do Sentido
Churrascos & Comentários
Cartoonices
Zé Trolha
Sorrisos Perfeitos
Segredos da Marrie
Joker
O lobo e a Lua
Momentos
Insanidad3
Cida
Rafeiro
Jorge
Alcova Real
Excitações
Momentos de Vida
Vida de Vidro
Ana S
Contos Secretos
Entre as Palavras
Camas e Algemas
Duas Almas Gemeas
Artemis Lunatica
Prazer Oculto
Red Light Special
Cravo e Canela

Intimidades Recentes

Momento de Amor

Prémios