Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

Momento de Amor

 

Navego pelo silêncio da minha alma

Alma inquieta que baila em busca de prazer

Prazer que me toca a pele como raios de luz

Luz que irradia cada pedaço do teu corpo

Corpo que devoro num ritmo alucinante

Alucinante...

Este momento de puro amor

Amor meu que te entrego a alma.

 

 


Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

Ritual

Como que num ritual

Vou percorrer-te por inteiro

E....

Sentir teu calor entranhar em mim

E....

Beijar voluptuosamente tua pele

E....

Ao cair da noite

Seremos dois corpos unidos

Dançando ao som de gemidos

No terno e alucinante sussuro do Amar


Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

Eu...

 

 

Quero ser

A lingua gulosa que devora o teu corpo

Espalhando sensações de desejo e paixão

Que se envolve e entranha

Por entre noites e dias

Horas,

Minutos

Segundos

Quero ser

Tua...!

 

 


 

 


Terça-feira, 13 de Outubro de 2009

Vem a mim....

 
 

 

Vem cá…
Achega-te...
Docemente...
Vou olhar-te...
E, no teu olhar, colher
promessas do que quero prometer,
até à sincope do amor na alma!
Colemos as mãos, palma a palma!
A minha boca na tua, sem beijo...
Desejo-te, até o desejo se queixar que dói.
E sou tua, como nenhuma foi!

Sexta-feira, 20 de Março de 2009

Mistura-te

Mistura-te em mim, sente meu gosto!
Mãos que tacteiam, exploram e perguntam.... onde encontro o teu prazer???
Línguas que percorrem e clamam.... dá-me o teu melhor sabor!
Esse é o momento que palavras são somente complemento...
Momento em que a pele arrepia e sussurra... toca-me, acaricia-me...
seios que dizem... beija-me, rodeia-me com a tua língua, morde-me de leve...
fendas humedecem e pedem... entra, explora-me, conhece-me...
membros que enrijecem e falam... incendeia-me com a tua boca, banha-me com a tua língua!
Nesse instante perdemos o domínio da razão e somos corpos bailando...
Pernas se abrem tremulas convidando para dançarem juntos... outras se encaixam aceitando o convite...
E começa uma dança lenta, de ritmo perfeito, que não precisa ser aprendida...
É puro instinto...
O ritmo da música aumenta pois os corpos precisam desesperadamente saciar-se...
a dança torna-se frenética, a respiração entrecortada... e das entranhas dos corpos saem gemidos, gritos….
E….
enfim, a explosão, os espasmos ,os corpos latejando, arfando...
Permanecem abraçados a saborear ainda mais o prazer...
Esperam para relaxar juntos e, quem sabe, começar tudo novamente!

 


Som da arte...

Leva-me

http://intimomisterio.blogs.sapo.pt/

Mistérios online...

Free Counter

Mistério Destaque

Mistérios...

Tanto de Mim